PRODUÇÃO AUDIOVISUAL HOJE: MAIS FÁCIL OU MAIS CAÓTICO?

  • AUTHOR: // CATEGORY: Textos

    No Comments

    Como havia prometido, algumas questões abordadas na minha palestra sobre audiovisual, bem como links sugeridos (logicamente, quem não assistiu a palestra vai ver este post ‘meio perdido’, mas de qualquer forma, comentem!):

    Reflexões sobre práticas audiovisuais hoje

    Comunicação (conceito) é antigo, mas a maioria das técnicas (principalmente as audiovisuais) tem apenas um século;

    Progresso é mola propulsora;

    Felicidade é estar ‘plugado’. Até que ponto precisamos?

    Ceticismo é retrógrado; Reflexão é saudosismo;

    A comunicação está reduzida às técnicas, as técnicas tornam-se o sentido, a “sociedade da técnica tal”;

    Compreender o cinema é compreender que ela é apenas mais uma mídia. Não morrerá, se transformará. Quanto mais atualizada, mais público terá (e é aí que mora o perigo)…

    Produzir pra quê? Este questionamento deveria estar atualizado, mas não está. Se perdemos a maioria do que produzimos, se não deixamos legado algum, pra que produzir?

    Algumas verdades sobre produção audiovisual

    Nenhum usuário comum busca qualidade de imagem, busca velocidade de informação

    A TV digital no brasil ainda é uma promessa, e ninguém aprendeu ainda a usá-la

    A TV está morrendo (mesmo o cabo). Ou se reinventa, ou é engolida pelo on-demand

    O prosumer não quer saber de conservação da mídia que produz; na verdade, ele nem pensa muito sobre isso; na verdade, ele nem pensa muito…

    O vídeo nasceu para gravar não só coisas cotidianas, mas acompanhar a novela em um horário melhor, etc. Por que quando fazemos o mesmo hoje é considerado pirataria?

    Ninguém sabe a contento todas as mídias e multimídias que envolvem hoje a produção audiovisual. Quem afirma isso está mentindo, pois acabou de ser inventada outra mídia e multimídia neste momento.

    Quanto mais coisa é inventada, mais fica difícil sua conservação

    Quando falo audiovisual, me refiro a:

    Aparelhos reprodutores:
    Projetores (película e multimídia), TVs, videotapes, lasers, dispositivos multimidia, pockets medias.

    Meios de armazenamento (formatos)
    Película (35, 16, 8mm), videotape (VHS, Betacam, Mini-DV), digitais (CD, DVD, Blu-Ray), Flash memory (HDs, pen drivers, cartões de memória).

    Composição do formato
    nitrato, acetato, poliéster, eletromagnetismo, magnetismo, métodos virtuais de captura magnética (codec e extensão).

    Meios de distribuição
    Cinema, Home Cinema, TV, vídeo, web (on-demand e streaming), dispositivos portáteis.

    Codecs e extensões: Você sabia?

    Que usar AVI no Mac é ir contra seu suporte nativo? E o mesmo vale para MOV para windows?

    Que 3GP só poderia ser utilizado para gravar e passar coisas de celular para celular?

    Que DIVX e Xvideo, apesar de terem boa qualidade, não podem ser usados de forma alguma para edição devido a sua compressão elevada e com perdas?

    Que o codec mais aceito pela sua qualidade e o mais usado para edição, o DV, tem a sua compressão em 3 megas o segundo; ou seja, 3/30frames = 100 bits por frame? Experimente imprimir uma foto de 0,1 mega a 72dpi, para ver o que acontece…

    Que MPEG é a abreviatura de Motion Picture Experts Group, criado em 1988 para comprimir qualquer tipo de arquivo segundo a premissa da verossemelhança de pixels?

    Que a funcionalidade e compressão MPEG é conceituada em layers? MPEG 1 é para VCD e os primeiros dispositivos multimídias (praticamente qualquer computador aceita exibi-lo); o MPEG layer 2 é usado para DVD, o MPEG layer 4 é o formato ideal para internet. Existem 10 versões diferentes para o mesmo MPEG Layer 4. O MPEG 3 para vídeo não existe, ficando apenas a extensão para áudio (MP3).

    O DivX, lançado em 1999, e sua melhor versão, o Xvid, lançado em 2009, na verdade são variações do MPEG4 versão 2 e 3?

    Que o mesmo MPEG4, em sua décima versão, serve tanto para o YouTube quanto para o Blu-Ray? Inclusive com o mesmo suporte a java e action script. Chama-se H.264/MPEG-4 Part 10 ou AVC (Advanced Video Coding)

    Que a extensão .MKV refere-se a Matryoshka, a boneca russa que tem outra bonequinha dentro? Chama-se assim porque a extensão é na verdade um package com as trilhas de vídeo, aúdio e subtítulos.

    Que não existe MP5 nem nada além do 4? O nome dos aparelhos que suportam várias funcionalidades multimídia são PMPs ou Pocket medias.

    Que existem mais de 30 codecs de vídeo? Busque ‘Comparison of container formats’ no google e surpeeenda-se.

    Dicas para sobreviver à nova ordem audiovisual (ou o que todo prosumer deveria saber)

    Conhecimento da técnica crua de captação (produção), edição não linear e divulgação (exibição)

    Conhecimento prévio de mídia e multimídia (conceito e consequências de escolha)

    Formato Nativo do material original: Analógico ou Digital

    Formato Nativo de edição do Software aplicado

    Saber sobre Razão de aspecto / Compressão / Bitrate / frame rate

    Codec de entrada e de saída

    Como funciona o Áudio

    Meios físicos/virtuais de exibição

    Meios físicos/virtuais de conservação

    Pra finalizar, programas Open Source (procure pelo nome no Google para ter acesso ao programa)

    Editores de vídeo
    Windows Movie Maker
    Cafona, mas gratuito e quebra um galho…

    Imovie
    para Mac. Igualmente cafona, mas com MacCharme…

    Avidemux
    Tem inclusive efeitos de melhora para os vídeos

    VideoSpin
    ‘A Avid enlouqueceu!’ Software muito bom e gratuito!

    VirtualDub
    único programa gratuito que permite abrir e converter arquivos no formato MJPEG (Motion JPEG).

    Wax
    Com algumas opções que lembram inclusive outro gigante da Adobe, o After

    Cinelerra
    Grande editor de vídeos gratuito para Linux

    CineFX.org
    Players, conversores, videocompositores, etc…

    Synfig
    Até onde entendi, alternativa gratuita ao Flash

    Conversor
    Format Factory
    converte vídeos, músicas e imagens nos mais variados formatos.

    No mais, é isso. Comentem!

COMMENTS

0 Responses to Produção audiovisual hoje: Mais fácil ou mais caótico?

LEAVE A REPLY

FILL THE FIELDS TO LEAVE A REPLY. Your email address will not be published.